O que é uma catarata?

Uma catarata é a perda progressiva da transparência do cristalino que se encontra dentro do olho. Este fenómeno diminui a quantidade e qualidade da luz que passa através do olho e que é necessária para a visão. A visão torna-se turva, as cores são percecionadas sem brilho e a sensibilidade à luz aumenta.

As cataratas são uma das principais causas da deficiência visual do mundo e constituem um verdadeiro problema de saúde pública. Geralmente, costumam ocorrer em indivíduos com mais de 60 anos, mas também podem afetar crianças (catarata congénita).

No desenvolvimento inicial de uma catarata, os pacientes não se apercebem de que sofrem desta patologia, uma vez que os efeitos na visão são mínimos ou inexistentes. À medida que a transparência do cristalino se vai perdendo, os sintomas pioram, provocando a deterioração significativa da visão, podendo mesmo conduzir à cegueira.

Como tratar uma catarata?

O único tratamento eficaz para as cataratas é a cirurgia. A cirurgia da catarata é o procedimento mais comum de entre todas as especialidades cirúrgicas. As cataratas são uma causa muito comum de deterioração da visão. Nos últimos anos têm sido feitos progressos significativos no tratamento desta patologia e a maior parte das pessoas que sofre deste distúrbio pode agora recuperar totalmente a sua visão, ou pelo menos uma grande parte dela.

Durante a cirurgia ao olho, o cirurgião remove o cristalino turvo e substitui-o por uma lente intraocular transparente que possui uma excelente precisão ótica.

Existem três opções de substituição de lentes naturais: a lente intraocular monofocal, bifocal ou trifocal. No entanto, a tecnologia trifocal é a única lhe permitirá livrar-se dos óculos.

 Saiba mais