Se sofrer de uma catarata ou de uma catarata em fase inicial, notará uma redução da acuidade visual. A sua visão deteriora-se; fica com uma impressão de nevoeiro e a luz clara ofusca sua visão. Não está satisfeito com os seus óculos depois de os substituir várias vezes ao longo dos últimos meses.

A catarata aparece, geralmente, após os 65 anos.  O fenómeno de opacificação da lente reduz a quantidade e qualidade da luz necessária que penetra no olho para a visão. Quando uma catarata se começa a desenvolver, não nos apercebemos de que sofremos da doença, uma vez que os efeitos na visão são ligeiros ou inexistentes. À medida que a transparência do cristalino vai se perdendo, os sintomas pioram, provocando a deterioração significativa da visão, podendo mesmo conduzir à cegueira.

O desenvolvimento de uma catarata ocorre, geralmente, de forma muito lenta. Se notar uma perda gradual de visão, poderá vir a precisar do atendimento de um cirurgião especialista em cirurgia de catarata. O momento em que a operação deve ser realizada pode variar de paciente para paciente, uma vez que não existe uma idade específica para a sua realização e a decisão é subjetiva.  Deverá falar diretamente com o seu oftalmologista acerca disso.

Tal como acontece com qualquer procedimento cirúrgico, existem riscos.  Raramente são graves, mas deve ter consciência dos mesmos.

Riscos para todos os tipos de cirurgia refrativa

A visão pode ficar ligeiramente turva a determinadas distâncias e pode ser necessário o uso ocasional de óculos.

O risco de infeção é muito reduzido, mas as consequências podem ser graves (visão reduzida).

Riscos após a implantação de uma lente trifocal

Halos e sensibilidade à luz: círculos e faixas que vemos à volta das luzes; estes sintomas desaparecem, geralmente, passadas algumas semanas ou vários meses.

Pode ocorrer sensibilidade reduzida a contrastes e alteração da forma como as cores são percebidas.

O procedimento cirúrgico é, normalmente, executado sob anestesia local. É rápido e indolor.

Tal como acontece com todos os procedimentos cirúrgicos, podem ocorrer efeitos secundários. Com as lentes intraoculares trifocais, a sua visão pode perder um determinado grau de nitidez em más condições de visibilidade, como um nível de luz baixo e em condições de nevoeiro. Neste caso, poderá ver halos e ser ofuscado pelas luzes à noite, o que é mais comum do que com a lente intraocular monofocal. Estes efeitos secundários desaparecem, geralmente, após um período de adaptação.

Independentemente da lente implantada, a sua atitude positiva e as suas expectativas realistas irão influenciar o êxito do procedimento cirúrgico e acelerar a adaptação da sua visão às novas impressões visuais.  Este período de adaptação pode demorar algumas semanas. Este é um período relativamente curto comparado com o seu objetivo a longo prazo: a liberdade de enxergar sem óculos.

As ma formações hereditárias ou congénitas podem causar o início precoce de catarata.